Trabalho voluntário: ideias para quem quer fazer a diferença

Já dizia o ditado, fazer o bem sem olhar a quem. É esse o princípio que seguem as pessoas que decidem dedicar seu tempo para causas de interesse social ou comunitário, principalmente os adultos mais velhos, que carregam uma bagagem lotada de experiências e ensinamentos proporcionados pela vida ao longo dos anos. Para muitos, é uma forma de sentir-se novamente “em ação”, para outros é um jeito de “devolver” aquilo que usufruíram da vida. Em qualquer situação, no entanto, atuar no coletivo é uma forma de fazer diferença e construir um mundo melhor, aqui e agora!

Segundo nova estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de brasileiros seniors cresceu 50% na última década: atualmente são 26 milhões de adultos mais velhos, podendo chegar a 37,9 milhões em 2027. Agora, imagine se metade dessas pessoas decidisse colocar a mão na massa e se voluntariar em projetos sociais para mudar o mundo?

Os seniors geralmente são atendidos por instituições que ajudam a melhorar a sua qualidade de vida… Mas o que muita gente não considera é que eles também podem ajudar o próximo! Um estudo publicado na Revista da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP) mostrou que os seniors que se voluntariam frequentemente em atividades sociais ficam menos doentes, mais dispostos e ainda têm uma percepção de vida diferente daqueles que não realizam esse tipo de trabalho. Uma via de mão dupla: os benefícios são para quem é ajudado e para quem ajuda.

Se interessou? Com disposição e solidariedade, você pode fazer a diferença!

Casa de Apoio à Criança com Câncer São Vicente de Paulo (Rio de Janeiro)
A casa abre as portas para os voluntários mais velhos e atende crianças e adolescentes portadoras de câncer, doença falciforme, talassemia e outras doenças não contagiosas graves do sangue durante todo o período de tratamento, juntamente com os responsáveis legais pelos pacientes. A instituição oferece gratuitamente aos pacientes hospedagem, acompanhamento, alimentação, cestas básicas, vestuário, medicação, transporte de ida e volta aos hospitais, atividades culturais, de lazer e educacionais; apoio social e pedagógico, recreação dirigida, palestras e encontros. Os voluntários fazem de tudo um pouco: atendem ao telefone, orientam os novos voluntários, recepcionam o público, cuidam das crianças, dão apoio e força às mães e pais e planejam eventos para arrecadar verbas para a casa.

Serviço – CACCSVP
Endereço: Estr. do Colégio, 1185 – Colégio, RJ
Site: https://www.casaapoiocancer.org.br/
E-mail: [email protected]
Telefones: (21) 3450-1603 / 2471-2008

Projeto Idosos Colaboradores – UnaTI (Rio de Janeiro)
Desde 1996 a Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI-UERJ) conta com o Projeto Idosos Colaboradores, do Programa de Valorização do Conhecimento do Idoso. Assistentes sociais responsáveis pela condução dos trabalhos, juntamente com convidados especiais de diversas áreas profissionais, realizam workshops de voluntariado para os seniors e mostram experiências de trabalhos na terceira idade. Os seniors se reúnem para aprender os princípios do voluntariado, que tem como base a prestação de serviços não remunerados em prol de toda uma comunidade, além de entenderem quais são os benefícios dessa atitude para si próprios. Durante a conversa, as expertises dos adultos mais velhos são valorizadas e são criadas oportunidades de prestação de serviços voluntários, buscando envolver os interessados no exercício da participação social na comunidade.

Serviço – UnaTI
Endereço: Rua São Francisco Xavier, 524 – 10° andar – Bloco F- Maracanã – Rio de Janeiro
Site: http://www.unatiuerj.com.br/sobre.htm
Telefone: (21) 2334-0053 / (21) 2334-0131

Associação Terapêutica de Estimulação Auditiva e Linguagem (Jundiaí)
Fundada em 1982, a ATEAL é uma associação civil, assistencial e de pesquisa, sem fins econômicos, que conta com a atuação de uma diretoria voluntária prestando serviços em saúde auditiva, da comunicação e da (re) habilitação da pessoa com deficiência por meio de pesquisas e diagnósticos. A instituição é de grande porte, sendo credenciada pelo Ministério da Saúde para atendimento da Rede de Saúde Auditiva, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), atendimento a pacientes de Jundiaí e mais 18 municípios da região, abrangendo uma população de 1.700.000 pessoas. A entidade está sempre à procura de voluntários, também de todas as idades, para atendimentos aos pacientes. Em janeiro deste ano, ofereceu 20 vagas para voluntariado de duas horas diárias nas áreas de saúde, administração e marketing, uma boa oportunidade para os graduados experientes nessas áreas que buscam fazer a diferença sem esperar algo em troca! Você pode se inscrever pelo site, comparecer à sede administrativa ou enviar uma carta de interesse por e-mail.

Serviço – Ateal
Endereço: Av. Antônio Frederico Ozanan, 6561 – Jundiaí | SP
Site: http://ateal.org.br/
E-mail: [email protected]
Telefones: (11) 4523-4110 / (11) 4523-4111

Projeto Velho Amigo (São Paulo)
Com o lema “velho é o seu preconceito!”, a associação sem fins lucrativos foi fundada em 1999 e cuida diretamente de cerca de 1300 seniors, promovendo a melhoria da qualidade de vida dessa população por meio de assistência, desenvolvimento social, educação, esporte, cultura e lazer. A partir de parcerias com profissionais especializados, são realizados mutirões de beleza, odontologia, oftalmologia, saúde, cultura e entretenimento. A instituição conta, também, com um núcleo no bairro de Heliópolis que recebe pessoas com 60 anos ou mais e desenvolve atividades educativas, sociais, físicas, culturais e preventivas. Para ser um voluntário do projeto, basta se inscrever pelo site. Não tem restrições de idade e qualquer pessoa é bem-vinda, principalmente os adultos mais velhos que poderão ajudar os seus iguais! Mas claro, você precisa ter amor ao próximo, vontade de ajudar e responsabilidade para assumir um compromisso com a entidade.

Serviço – PVA
Endereço: Rua Pedroso Alvarenga, 1046 – cj 121, São Paulo, SP
Site: http://www.velhoamigo.org.br/
E-mail: [email protected]
Telefone: (11) 3071-4040 / (11) 3079-0018

Centro de Ação Voluntária (Curitiba)
A organização não-governamental surgiu em 1998 com a promulgação da Lei do Voluntariado, fazendo a ponte entre a pessoa interessada em ajudar a entidade que precisa de voluntários. Referência na área de fazer o bem sem olhar a quem, as pessoas que têm interesse devem procuram o CAV para verificar quais hospitais, infantis ou outros, de Curitiba e região estão buscando por voluntários. Para ser um voluntário, o primeiro passo é assistir a palestra informativa gratuita “O que é ser voluntário”, que acontece semanalmente e ensina os direitos, deveres e responsabilidades do voluntariado. Não é necessário fazer inscrição, basta checar dia e horário e ir. No final da palestra, você ganha uma carteirinha e se torna apto a integrar uma equipe de voluntários e auxiliar as parceiras do CAV. Pelo site você também pode realizar o seu cadastro, informar suas experiências profissionais e consultar um banco de oportunidades nas instituições cooperadas ao CAV, escolhendo uma vaga que se encaixe com seu perfil e disponibilidade, como se fosse uma agência de empregos. As instituições parceiras também consultam os perfis dos cadastrados e recrutam conforme disponibilidade. O Centro conta com voluntários com vasta expertise, chamados gentilmente de “vovôluntários”, que trocam experiências com os mais novos e criam ideias de projetos, contatos e oportunidades para ambos os lados. Quer mais chance de fazer a diferença do que essa?

Serviço – CAV
Endereço: Rua Ébano Pereira, 359 – Curitiba, PR
Telefone: (41) 3322-8076
Site: http://www.acaovoluntaria.org.br/

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *