Separação e novos amores após os 60 - Sylvia Loeb Sylvia Loeb responde

Separação e novos amores após os 60

Querida Sylvia, 

Tenho quase 60 anos e estou separada do meu marido depois de um casamento de quase 40 anos. No início é devastador, mas agora estou retomando minha vida. Queria perguntar para você: será que além do meu casamento, minha vida afetiva também acabou? Que homem vai querer se aproximar de uma mulher tão mais velha? Eles não andam todos atrás de meninas de 30?

Taking it easy this weekend

 

 

 

 

 

 

 

Querida Marina,

Você tem razão, o homem que andar atrás de uma menina de 30 não vai olhar para você.

Talvez  devesse se perguntar: que homem quero para mim?

A maioria de nós mulheres fomos criadas para agradar aos homens, aprendemos isso cedo na vida, nossas mães nos ensinaram com afinco, vivessem elas bem ou mal com seus maridos. Dependentes que eram, pois muitas não trabalhavam, não podiam pensar, seriamente, em mudar o estado de coisas vigente.

Naqueles tempos, não tão remotos, uma mulher solteira depois de certa idade era mal vista, a mulher separada, mais ainda.

Hoje as coisas mudaram bastante, pois somos mais independentes financeiramente, o que já é um grande passo.

Permanece, no entanto, uma armadilha insidiosa: sem nos darmos conta, muitas de nós ainda fazemos de tudo para agradar nossos homens: nosso pai, nosso chefe, nosso professor, nosso pai, nosso homem, marido, namorado, pai, amante…

Vou me  transformar, vou me submeter,  o que eles quiserem que eu faça, o que eles desejarem que eu seja, vou corresponder ao desejo deles PARA SER AMADA.

PARA SER AMADA, posso até virar do avesso.

Garantia?

Nenhuma.

Como sair disso?

Como virar a chave?

Saindo da posição passiva de tentar ser amada a qualquer preço.

Saindo da dependência da apreciação do outro para existir.

Saindo de modelos imaginados na cabeça dos homens.

Ser amada é diferente de amar.

Amo este homem? Desejo este homem?

Não há homens.

Não há mulheres.

O que existe é UM HOMEM que pode ou não se interessar por UMA MULHER.

Você é UMA MULHER que pode ou não se interessar por ESTE ou AQUELE HOMEM.

O plural homens é tão ardiloso quanto o plural mulheres.

O que querem os homens?  Sabe-se lá, tantas coisas!

O que querem as mulheres? Também não sabemos, tantas coisas!

Que homem você quer para você?

Sylvia Loeb é psicanalista e escritora. Visite seu site em sylvialoeb.wordpress.com// ou acesse sua página no Facebook: @SylviaLoeb

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *