Este artigo é parte do Clube dos Escritores

Porque hoje é sábado,
por Sylvia Loeb

 

 

 

Porque hoje é sábado, vou à farmácia homeopática.  Preciso de passiflora incarnata, que atua na insônia e na impaciência. Fila para pagar, demora no atendimento, pés que batem ao chão ao ritmo da irritação de cada um, olhares franzidos. Deveriam distribuir gotas de passiflora incarnata aos fregueses, no sábado de manhã.

Porque hoje é sábado, duas mulheres vêm descendo a rua. Uma delas envolta em negro, uma longa túnica balança ao vento, cabelos soltos pelos ombros, boca vermelha. A outra, mini saia no meio das coxas, que têm ondulações e reentrâncias, cabelos soltos pelos ombros, boca vermelha. As bocas vermelhas riem e falam, aproveitam a manhã de sol do sábado.

Porque hoje é sábado, o homem parado na entrada da garagem, as veias do pescoço saltadas, a face roxa, os braços em amplos movimentos para facilitar a expansão dos pulmões: um verdadeiro fole, repleto de xingamentos, sai de sua boca.

Porque hoje é sábado, a vendedora da loja de queijos não responde ao meu bom dia. Insisto. Não responde. Desisto. Peço o queijo, pergunto da mozarela. AcabouNa caixa, outra funcionária. Digo bom dia, não responde. Até que horas vocês trabalham hoje? Até às 20. Olho no relógio: 14:30, do sábado.

Porque hoje é sábado, tenho tempo de sobra. A vitrine da loja chama a atenção: vasos de cerâmica com flores coloridas, almofadas de lã, de linha, de veludo, de tafetá,  de cetim, vermelhas, azuis, verdes, amarelas; cestaria, pulseiras, cristais coloridos. Entro na caverna de Ali Baba. O perfume de patchuli me invade, odeio patchuli. Quer experimentar? É o nosso aroma preferido, aos sábados damos um brinde  a quem nos visita.

Buzina estridente, pneus cantando, o carro passa na minha frente, fecha o meu e breca, me obriga a parar. O motorista desce do carro, barra de ferro na mão. Por que hoje é sábado?

__________________________________________________________________________________________

SYLVIA LOEB – É psicanalista e escritora. Visite seu site, acesse sua página no Facebook ou escreva para o email [email protected]!

 

 

One comment

  1. Li “porque hj é sábado “e gostei – há mesmo sábados de mau-humor… Mas me lembrei da poesia de Vinicius com p mmo nome – eu ouvia num disco , com fundo musical ( de Edu Lobo? )tão lindo Q queria Q vc lesse , ouvisse . Abraço !

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *